Resenha: Mulheres Modernas, Dilemas Modernos

Título: Mulheres Modernas, Dilemas Modernos
Autor: Joyce Moysés e Claudio Henrique dos Santos
Gênero: Interpessoal / Jornalístico / Feminismo
Literatura: Brasileira
Ano: 2016
Páginas: 176
Editora: Primavera Editorial
ISBN: 978.855.578.010-3
Avaliação CL: ⭐️⭐️⭐️🌟 (3,5)

O livro dos jornalistas Joyce e Carlos nada mais é que um diálogo sobre as mulheres da atualidade, e um convite para que os homens participem ativamente das mudanças que acercam-nas. Assuntos como: vida, carreira, desafios, medos e etc., recheiam-no de textos sinceros e muito abertos.

“O convite deste livro é libertador. O que não faz mais sentido deve ser abandonado, para que sejamaos homens e mulhers mais felizes. Livres para sermos o que quisermos ser, para além do que nos ensinam sobre o que cabe a um homem e o que cabe a uma mulher. Esses limites, invisíveis e tão presentes, precisam ser questionados.”

Em capítulos intercalados, ora com a experiências de Joyce, que após dar a luz não abriu mão de continuar trabalhando e seguir em frente em busca da tão sonhada vida profissional de sucesso, e, ora com a perspectiva de Claudio, pai e dono de casa que viu-se de uma hora para outra mudando de país, largando o emprego e, virando um pai vinte e quatro horas por dia, para apoiar a esposa em uma promoção imperdível com imigração, adquirida na empresa que trabalhava.

Os dois debatem com o leitor, assuntos que envolvem o papel da mulher no século XXI, mas também todas as circunstâncias que acompanham-na em cada uma de suas decisões, afinal, cada ação tem uma reação, sempre!

O livro é muito bem escrito, estimulante até, porém, é somente o ponto de vista de Joyce e Claudio, pessoas nitidamente com poder aquisitivo significativo. Isso em alguns pontos incomoda, pois não é 100% realista com a sociedade brasileira, eles falam e descrevem como se tudo fosse simples e fácil como descrito, porém não é bem assim para todo mundo. Como uma família com poucos ganhos, opta por um dos mantenedores  ficar em casa para cuidar da casa e filhos? Isso na classe baixa é impossível. Mulheres, mães e avós lutam ao máximo para trazerem o sustento para casa, abrem mão de suas próprias particularidades e sonhos, pois suas rendas não são complementares, são fundamentais.

“Defendo que não devemos colocar todas as fichas na carreira, e sim distribuir algumas para outros interesses que cada pessoa tenha. (…)”

Por denominar-se “dilemas modernos”, esperava que abrangeria um pouco mais a realidade de mulheres comuns, com também problemas comuns, não somente a dificuldade de uma mulher empresária que faz malabarismos com o tempo. Mas um ponto forte do texto é, justamente isso: independentemente de tudo, a mulher ainda luta por um espaço e igualdade.

Outra dentro, é que ele monstra o outro lado da moeda, pois assim como a mulher sofre preconceito no ambiente de trabalho, o homem por sua vez, ao optar por ficar em casa, também o sofre.

Os jornalistas e palestrantes empoderam a mulher, expõem seus pontos de vista, e quebram paradigmas de uma sociedade atual ainda muito intolerante ao poder de escolha, seja ele em qual gênero for.

Comentários

Comentários